Loading...

sábado, 17 de abril de 2010

Os Treze Princípios da Crença Wicca !!


Os 13 princípios Wicca



Em Abril de 1974, o Conselho de Bruxos Americanos adotou um conjunto de Princípios da Crença Wiccaniana. Os Treze Princípios foram escritos por Carl L. Weschke, um dos fundadores e o primeiro presidente do Conselho. O documento tem sido uma contribuição significativa para a Wicca moderna.



1.Nós praticamos os rituais para nos sintonizarmos com o ritmo natural das forças vitais marcadas pelas fases da Lua e dos feriados sazonais.

2.Nós reconhecemos que a nossa inteligência nos dá uma responsabilidade única em relação ao nosso meio ambiente. Nós procuramos viver em harmonia com a Natureza, em equilíbrio ecológico oferecendo uma completa satisfação à vida e à consciência, dentro de um conceito evolucionário.

3.Nós reconhecemos um profundo poder muito maior do que seja aparente para uma pessoa normal. Por ser tão maior que o originário algumas vezes é chamado de ”sobrenatural”, mas somente o vemos como algo naturalmente potencial a todos.

4.Nós vemos o Poder Criativo no universo como algo que se manifesta através da polaridade – como masculino e feminino – e que ao mesmo tempo este Poder Criativo vive dentro de todas as pessoas e funções através da interação do masculino e feminino. Não damos valor um acima do outro, sabendo que cada um é complementar do outro. Valorizamos o sexo como prazer, como o símbolo e manifestação da vida e como uma das fontes de energia utilizada nas práticas mágicas e na veneração religiosa.

5.Nós reconhecemos tanto o mundo externo como o interno ou psíquico, mundos que às vezes são conhecidos como mundo espiritual, ou Inconsciente Coletivo, ou os Planos Interiores etc. Vendo na interação destas dimensões a base para os fenômenos paranormais e os exercícios mágicos. Não negligenciamos qualquer das dimensões, considerando ambas como necessárias para nossa realização.

6.Não reconhecemos nenhuma hierarquia autoritária, mas sim honramos aos que ensinam, respeitam aqueles que compartilham os seus conhecimentos e sabedoria e apreciamos aos que corajosamente se dedicam a ser mestres e professores em liderança.

7.Nós consideramos que a religião, a magia e a sabedoria sendo unidas em nossa forma de contemplar e viver dentro do mundo e identificarmos esta filosofia e visão mundial como a Bruxaria – o caminho Wiccaniano.

8.Chamar a si mesmo de “bruxa(o)” não constitui ser um(a) bruxa(o) e tão pouco o faz a herança em si, nem a coleção de títulos, graus e iniciações. Uma Bruxa(o) procura controlar as forças vitais dentro de si mesmo a fim de possivelmente viver de maneira sábia, em harmonia com a natureza e sem prejudicar a ninguém.

9.Nós afirmamos a nossa crença na vida, na continuidade do progresso, na evolução e no desenvolver da consciência, os quais dão um significado ao universo conhecido por mais e o nosso papel pessoal dentro dele.

10.Nossa única animosidade contra o Cristianismo ou contra quaisquer outras religiões ou filosofias reside no fato de suas instituições terem clamado ser “o único e verdadeiro caminho e a ser lutado para negar a liberdade a outros e reprimir diferentes modos de prática religiosa e crenças”.

11. Como Bruxas(os) não nos sentimos ameaçados sobre a historia da arte, as origens dos diversos termos, e a legitimidade de vários aspectos de diferentes Tradições. Estamos interessados unicamente com nosso presente e com nosso futuro.

12. Não aceitamos o conceito de mal absoluto, nem adoramos nenhuma entidade conhecida como “Satanás” ou “Diabo”, tal como define a Tradição Cristã. Não buscamos o poder através do sofrimento dos demais e nem permitimos que se obtenha algum beneficio pessoal por tais meios.

13.Nós acreditamos que devemos buscar dentro da natureza o necessário para a nossa saúde e o nosso bem-estar.



Texto extraído da Enciclopédia Wicca e Bruxaria de Raven Grimassi.
TENHAM UM SABADO ABENÇOADO!!!

Nenhum comentário: