Loading...

terça-feira, 8 de junho de 2010

A PIRAMIDE DOS BRUXOS!!



O Trabalho mágico de uma Bruxa ou Bruxo exige seriedade e quatro características básicas:


A-) SABER


1-) Conhecer a si mesmo.

2-) Conhecer sua arte.

a-) Saber o que fazer.

b-) Saber como fazer.

c-) Saber quando fazer.

d-) Saber quando não fazer.

3-) Saber o que você quer realizar.

a-) Especificar bem o que você vai fazer.

b-) Criar um sigilo com as palavras.

4-) Saber trabalhar com moderação.


B-) QUERER


1-) Acreditar em você mesmo.

2-) Acreditar na divindade.

3-) Acreditar em suas habilidades.

4-) Acreditar na abundância do Universo.

5-) Ter a vontade de praticar de novo e de novo.

6-) Habilidades de meditação

a-) Praticar visualização.

b-) Praticar relaxamento.

c-) Praticar um estado alterado de consciência.

d-) Praticar para ser capaz de fazer rápido e certo.

7-) Ter em mente com muita clareza o porque você quer realizar essa operação mágica.

8-) Observar se sua vontade está corretamente direcionada.

a-) Observar se não vai influenciar negativamente outra pessoa.

b-) Observar os aspectos de não prejudicar ninguém.

c-) Usar uma ferramenta adivinhatória para checar se seus planos são válidos, se está numa boa hora de pô-los em prática.


C-) OUSAR


1-) Ter a coragem de mudar as circunstâncias.

2-) Ter a coragem de controlar seu ambiente.

3-) Ser responsável por suas ações.

4-) Escolher o melhor curso de ação para o trabalho a ser feito.


D-) CALAR


1-) Aprender a manter a boca fechada antes do trabalho.

2-) Aprender a manter a boca fechada enquanto espera pelos resultados.

3-) Aprender a manter a boca fechada depois do trabalho.

a-) Proteger sua confiança.

b-) Proteger sua reputação.

c-) Proteger sua energia.


Silver RavenWolf



ALGUMAS DICAS

A feiticeira do novo milênio tem um estilo bem diferente das velhas assustadoras com verruga no nariz. Para começar, bom humor é fundamental. Nada de gargalhadas apavorantes, o que conta é a leveza de espírito. “Sem alegria não se consegue o clima positivo necessário ao encantamento”, diz a psicóloga Luiza Lagoas, 57 anos, do Rio de Janeiro, praticante de magia desde a adolescência. Segundo ela, toda mulher guarda uma bruxa dentro de si. “A sensibilidade e a intuição naturais do sexo feminino estão ligadas à nossa porção feiticeira”.

Mas há regras para colher bons frutos. Toda vez que precisar de uma planta é necessário estar motivada por boas intenções e fazer um pequeno ritual: pedir que a natureza atenda e, depois, agradecer a cada objetivo alcançado deixando num jardim uma oferenda. Não importa se uma maça ou um fio de cabelo – trata-se apenas de um gesto de atenção.

A magia natural opera através de analogias, um feitiço ou encantamento é uma reunião de elementos que terão efeito simbólico, e desta forma a escolha, compra, preparo e reunião dos ingredientes utilizados é um processo que aos poucos ajuda a mente a focalizar um objetivo e visualizar sua realização.


Os elementos disponíveis para formar estas correspondências são cores, alimentos, plantas e flores, animais, metais, pedras, tecidos, fibras vegetais, sementes, perfumes, sons e óleos. Dependendo da complexidade da operação, se ao invés de um simples feitiço você executar um ritual, então terá de procurar também sintonizar divindades relacionadas ao pedido em questão.


Em geral se reúne símbolos analógicos dos objetivos, por exemplo, abundância, prosperidade, cura, a pessoa a quem se destina o objetivo, etc.

“Toda família tem ou teve uma mulher bruxa”. “Experimente imitá-la. Pegue umas ervas e brinque um pouco. È divertido e faz o talento fluir.”

Mãos a obra e BOA SORTE!!!





TENHAM UM DIA ILUMINADO!!

Nenhum comentário: